quarta-feira, 8 de julho de 2015

Imagine!

 Oi gente! Achei esse texto nas minhas coisas e pensei que seria super bacana compartilhar esse pensamento com vocês! Escrevi já tem um tempinho, mas idependente de tempo, nunca parei de imaginar/sonhar. Vem comigo! 
-
 Há pessoas que preferem sair para buscar inspiração. Quando falo em "sair" você pode interpretar de várias maneiras. Sair de um cômodo para outro, de uma rua para outra, ou talvez viajar? Viajar é bem legal. Mas quando se tem dezenove anos, viajar se torna caro. Oh, bem caro. Então, eu venho lhe propor viajar na sua imaginação, o que você acha? É bacana também e não doí no bolso. Que tal entrar em um mundo que você pode citar as regras, que você pode pintar a parede de como você quiser, eu quero rosa - porque me lembra amor, e amor me lembra coisas boas- e você? Que cor você quer? Também quero que nesse mundo/cidade/país, eu fale uma língua bacana, que eu saiba cantar sem que as pessoas me olhem com cara de: "Você está fazendo isso errado!" E daí que eu gosto de cantar meio inglês,espanhol e português. Seria portunhol com inglês ou porglês com espanhol? Não sei lhe dizer. Também quero que tenha muitas lhamas, porque lhamas são legais e pronto. Não quero responder meu porquês, só quero um café! Talvez. Que tal também ir a um lugar que você se sinta protegido? Na cama da sua mãe? Lá fora, no quintal junto ao seu cachorro? Ou simplesmente, no banheiro? Qual o problema que eu escrevo no banheiro? É meu mundo. E sinto que quando entramos nesse nosso mundo, prestou bem atenção? Nosso. Seu. Podemos pintar, escrever, pular, dançar, seja lá qual coisa você deseja fazer, mas simplesmente fazemos. Deixamos acontecer e por um passe de mágica POW! Ela está pronta. Um amigo sábio me disse assim: Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé a nossa inspiração maior. É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo para ser feliz. Bonito né? Sim, Mario Quintana é meu amigo, nos sonhos, no meu mundo infinito particular, tomávamos um café e ele abriu a boca e falou isso solenemente. E soou como música aos meus ouvidos. CADÊ A ESPERANÇA, AONDE ESTÃO OS SEUS SONHOS? Se perdeu, procure. Está na hora! Seja no banheiro, no jardim, ou na casa da vizinha. O relógio está fazendo "tic tac".

Beijinhos,

Thaiza Chiara.